Menu de Cima

Vídeo: como será o Roadsec 2019

Começa no próximo sábado, dia 13 de Abril, a temporada 2019 do Roadsec, o principal evento de segurança do Brasil. Marina Ciavatta, gerente de Comunidades e Engajamento da Flipside, a produtora do evento, conta nesta entrevista como vai ser a temporada, com destaque para o primeiro Roadsec, em Campinas (SP). Marina é a líder do maior programa de voluntários em eventos de tecnologia do mundo, chamados de Roadies. Faz parte do time do Roadsec, mas também tem se aventurado no mundo da Engenharia Social (hacking humano), invadindo e conscientizando grandes empresas brasileiras sobre segurança. Assista à entrevista.

 

Leia o press-release de divulgação do Roadsec

Roadsec: maior evento de tecnologia e hacking da América Latina inicia turnê brasileira

O Roadsec, o maior evento de tecnologia e hacking da América Latina, inicia sua tour brasileira de 2019 levando um modelo de evento renovado para 11 cidades, visando uma imersão ainda mais profunda na cultura hacker e de tecnologia com características brasileiras. A primeira cidade a receber o evento será Campinas (SP), no dia 13 de Abril. Em sequência, as outras edições passarão por São José dos Campos, Fortaleza, Rio de Janeiro, João Pessoa, Goiânia, Presidente Prudente, Florianópolis, Belém, Belo Horizonte e a etapa final que acontece em São Paulo em novembro, com a mega edição especial de encerramento.

A conferência vai reunir os profissionais de tecnologia e segurança da informação mais qualificados de cada região com os especialistas de maior renome nacional e internacional para circuitos interativos de trocas de conhecimentos sobre segurança da informação, desenvolvimento, ataque, defesa, ciência, carreira, política, Blockchain, criptoativos e muito mais. Além disso, os participantes do evento poderão interagir com tecnologias que são tendência no mundo, como óculos de realidade virtual, drones controlados por smartphone, caneta 3D e circuitos de robótica.

Para 2019, o público encontrará novas atrações que incentivam a cultura hacker no país, como shows de nerdcore, e uma estrutura triplicada com mais de 15 mil pessoas esperadas durante todo o ano. “Em todas as edições do Roadsec, valorizamos a presença do público formado por todas as idades, entre hackers, estudantes e profissionais de segurança da informação, para que tenham a oportunidade de consumirem o rico conteúdo do evento e também se revelarem para as equipes de T.I das nossas empresas parceiras presentes, incentivando esse mercado tão carente de profissionais capacitados.” destaca Marina Ciavatta, gerente de Comunidades do Roadsec.

Hackaflag

O Hackaflag (#hfbr19), maior campeonato de invasão de sistemas no estilo CTF, que significa Capture The Flag (capture a bandeira), viaja junto com o Roadsec pelo Brasil para revelar talentos locais. Cada vencedor das 11 etapas regionais, competem na final nacional que acontece dia 23 de novembro, em São Paulo. A competição será individual e não tem limite de idade,  os participantes devem levar a sua própria máquina para pôr em jogo todo seu conhecimento e habilidade durante as provas que exploram as principais áreas da segurança da informação, tudo feito em um ambiente digital simulado. O campeonato acontece nos moldes de e-sports, com pontuações a cada “flag” quebrada, nome dado a cada obstáculo vencido pelos competidores, que variam desde encontrar brechas em sistemas, descobrir senhas de acesso e até localizar os rastros deixados por outro jogador na tentativa de invasão. Serão mais de 6 mil pessoas assistindo e o prêmio para o campeão é uma viagem a Las Vegas com tudo pago e ingressos para a DefCon, a maior conferência hacker do mundo.

Representatividade da cultura Hacker brasileira

Neste ano, a ilustradora Mar Williams é quem comanda o traço das novas artes do Roadsec. A comunidade hacker brasileira será representada em pôsteres, credenciais e artes promocionais com o tema cyberpunk. Mar é o principal nome de várias obras, credenciais e posters da DEF CON, a maior conferência de hacking do mundo. Além de desafiar as regras de gênero, Mar se define como hacker, maker hardcore e tem uma visível dedicação ao bio-hacking, com diferentes implantes e modificações. Suas criações artísticas misturam a cibercultura com uma “fofura bizarra”, quebrando paradigmas.

Meios de comunicação do Roadsec:
Site: roadsec.com.br/
Blog do Roadsec: https://roadsec.com.br/blog/
Instagram / YouTube / Spotify: @Roadsec
Linkedin: linkedin.com/showcase/roadsec/

Confira as cidades, datas e mais informações:
13/04 – Campinas (https://roadsec.com.br/)
04/05 – São José do Rio Preto (https://roadsec.com.br/)
11/05 – Fortaleza (https://roadsec.com.br/)
18/05 – Rio de Janeiro (https://roadsec.com.br/)
25/05 – João Pessoa (https://roadsec.com.br/)
01/06 – Goiânia (https://roadsec.com.br/)
08/06 – Presidente Prudente (https://roadsec.com.br/)
15/06 – Florianópolis (https://roadsec.com.br/)
29/06 – Belo Horizonte (https://roadsec.com.br/)
06/07 – Belém (https://roadsec.com.br/)
23/11 – São Paulo (https://roadsec.com.br/)

111Shares

, ,