Tempest parte para internacionalização

tempestA Tempest Security Intelligence, empresa brasileira especializada em segurança cibernética e combate a fraudes digitais baseada em Recife e já com filiais em São Paulo e Londres, vai ampliar sua internacionalização. Esse é um dos novos passos da empresa, segundo Evandro Hora, co-fundador e presidente do conselho de administração da companhia. A iniciativa ganhou força e velocidade com o aporte de R$ 28,2 milhões do novo acionista da Tempest, o Fundo Aeroespacial (FIP). O FIP Aeroespacial foi criado no modelo corporate venture capital, a partir do esforço corporativo da EMBRAER, juntamente com FINEP, BNDES, e Desenvolve SP.

Prestes a completar 16 anos, a operação marca uma nova fase da empresa e reforça seu plano de crescimento fundamentado em três pilares: expansão da internacionalização, diversificação do portfólio de ofertas e incremento dos investimentos – em equipe,  P&D, e também em startups.

Atualmente a companhia conta com 120 colaboradores – com expectativa de chegar a 160 colaboradores até o fim deste ano – e dispõe de escritórios em Recife, São Paulo e Londres. A companhia que hoje atende clientes de médio e grande porte dos setores Financeiro, Mídia, Telecom e E-commerce de países como Brasil, Inglaterra, Estados Unidos, Suíça, Chile e Argentina, pretende ampliar ainda mais sua atuação no mercado global, principalmente na América Latina e Europa.  Com forte potencial de crescimento, os clientes internacionais representam 15% da receita da empresa.

Ouça a entrevista de Evandro Hora:

Como nasceu a Tempest: 2m17

Três hackers fundaram a empresa: 2m16

Como vieram os primeiros clientes: 1m27

Como vieram os clientes de telecom: 1m48

Como vieram clientes do mercado financeiro: 1m58

Por que um escritório em Londres: 2m52

Como foi achado um sócio-investidor:1m46

Por a Tempest vai se expandir para outros países: 3m18

 

 

 

 

 

 

 

0Shares

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes