Sites de apostas e jogos são os mais perigosos para os usuários

Em novo relatório da G Data, este tipo de perigo representa 19% das páginas maliciosas analisadas

Rootkit espião descoberto pela Gdata Alemanha

A GData, fornecedora de soluções antivírus, representada no Brasil pela FirstSecurty, divulgou relatório onde os sites de apostas e jogos online aparecem como os mais perigosos para os usuários, representando 19% das páginas analisadas pelos especialistas em segurança da empresa.

Estas páginas web, que em 2015 gerou mais de US$ 40 bilhões de em negócios, são mais susceptíveis a algum tipo de malware, de acordo com o novo estudo da G Data. O relatório classifica as páginas em categorias e, além dos apostas e jogos online, as páginas web maliciosas incluem os blogs (13%) TI e Telecom (11%) conteúdo de Saúde, com 10% do total de riscos. Completam a lista TOP 10 dos sites maliciosos os sites de negócios (6%), pornografia (5,.6%), Educação (4.1%), compras online (4,0%), namoro (3,6%) e viagens (3,1).

Segundo os especialistas da G Data, as vítimas não apenas chegam por conta própria a estas páginas, mas também são direcionados por meio de banners maliciosos maciçamente distribuídos, muitas vezes através de até mesmo pelos anúncios mais populares e usados.

De acordo com a G Data, as páginas Web se tornaram verdadeiras ferramentas para a disseminação de malware em todo o mundo. Milhões de páginas são criadas para atrair internautas com a finalidade de contaminar seus dispositivos de acesso ou são manipuladas pelos cyber criminosos, sendo capazes de infectar computadores e aparelhos móveis sem que o usuário perceba, em uma ação conhecida como “drive-by”, que é o download de arquivos maliciosos depois que o usuário aceita baixar algum tipo de software sem saber que está contaminado, por exemplo.

Para evitar ser atacado pelas códigos maliciosos, a G Data orienta os usuários a manter seus sistemas sempre atualizados e possuir uma solução antivírus com capacidade elevada de bloqueio de ameaças e com atualização em tempo real.

Para acessar ao estudo da G Data: https://secure.gd/dl-en-pcmwr201502. Para conhecer as soluções G Data no Brasil: http://www.firstsecurity.com.br

0Shares

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes