Menu de Cima

Paessler expande capacidade de monitoramento de rede

A empresa alemã Paessler AG  lançou  um novo sensor que aglutina a funcionalidade  de vários  sensores de seu  software de monitoramento de rede, PRTG Network Monitor.

O Business Process Sensor, do PRTG, possibilita aos administradores de TI  monitorarem  e visualizarem  em  única tela, as principais operações necessárias a manutenção dos negócios, como por exemplo,  sites, e-mails e outras funções chaves. 

Os usuários podem definir quando eles precisam ser alertados, bem como a  gravidade do alerta, baseando-se na função de cada processo. Isto minimiza o envio de alertas, possibilitando aos usuários serem notificados apenas quando um processo inteiro está ameaçado, ao invés de uma notificação individual para cada componente.

Lembrando que em 2015,  a Paessler AG ampliou  de 30 para 100 sensores disponíveis na sua  licença gratuita do software de monitoramento de rede.  Transformando-se  numa excelente opção para as empresas de pequeno e médio porte. Os usuários quando baixam  a versão gratuita do software também tem a oportunidade de testar por 30 dias, a versão PRTG com sensores ilimitados. O  download da licença gratuita do PRTG Network Monitor está disponível em:  http://www.br.paessler.com/prtg/download

 

Agora, com o Business Process Sensor também é possível gerenciar a saúde dos processos de TI completos que suportam os negócios, adquirindo uma visão de todo o sistema, ao invés de analisar apenas  aspectos individuais. A nova funcionalidade abrange todos os processos críticos para os negócios, como por exemplo, sites, e-mails e outras funções chaves. 

Para o CEO da CoDesk, Sven van der Waal van Dijk, que teve a  oportunidade de testar o novo sensor  do PRTG , antes do lançamento para o mercado,  a novidade traz ganhos  junto aos clientes. “Estamos satisfeitos com o Business Process Sensor, pois esse novo sensor nos trouxe uma maneira mais fácil de monitorar a performance e o tempo de operação dos nossos serviços  como é percebido pelos  clientes.”

Com o Business Process Sensor, a disponibilidade e a performance de um site podem ser monitorados combinando os sensores que monitoram o balanço de carregamento, servidores web e o banco de dados, tudo em apenas um processo definido. A partir desse processo específico os usuários podem definir quando eles precisam ser alertados, bem como a  gravidade do alerta, baseando-se na função de cada processo. Isto minimiza o envio de alertas, possibilitando aos usuários serem notificados apenas quando um processo inteiro está ameaçado, ao invés de uma notificação individual para cada componente.

“O PRTG Network Monitor foi construído para ser flexível e atender às diversas necessidades dos administradores de TI. Com o Business Process Sensor, estamos dando aos usuários uma simples visão geral sobre os processos chaves e uma nova maneira de monitorar a sua infraestrutura”, diz Jürgen Thiel, gerente de desenvolvimento de negócios da Paessler no Brasil. Tempo de inatividade significa produtividade perdida e, possivelmente, perda de receita. Processos críticos para os negócios, como sites ou e-mail, precisam estar disponíveis a todo o momento. Ao monitorá-los em conjunto, o novo sensor permite aos departamentos de TI manterem  a sua infraestrutura com alto desempenho.

Para mais informações sobre o Business Process Sensor, visite o site:  https://goo.gl/LwJBmD

0Shares