Malware é encontrado em 98% dos setores empresariais

Trend Micro Deep Discovery rastreou dados em
áreas como educação, setor bancário e healthcare dos últimos três anos

 

A Trend Micro – especializada
na defesa de ameaças digitais e segurança na era da nuvem – detectou através da
plataforma de proteção de ameaças Deep Discovery, os resultados desde 2013 das
PoC’s (proof of concept) e os tipos
de ataques mais frequentes encontrados pelos pesquisadores do laboratório de
pesquisa Trend Micro em indústrias relevantes como educação, healthcare,
farmacêutica, energia, tecnologia e software e instituições financeiras.


O
maior índice dentre os tipos de ataques observados de 2013 a 2015, foi o de
malwares com incidência em 98%. Em seguida, o aparecimento de documentos
maliciosos nas redes internas das empresas surge em 86,7% dos casos analisados.
Chama a atenção também os malwares achados em sistemas Android (38 %).


O setor de educação lidera no número de
ataques reportados seguido por healthcare e tecnologia e software. O aumento de
ataques no setor de saúde por exemplo, é alarmante: isso significa que o acesso
de hackers a registros médicos é cada vez mais atraente pois contêm uma enorme
quantidade de informações pessoais não só dos indivíduos, mas de todas as suas
famílias, que podem ser exploradas efetivamente em fraudes de identidade.


A implantação de botnets por parte dos
cibercriminosos com 86% de casos reportados serve de alerta para as empresas:
Os grupos de hackers costumam
favorecer a contratação de botnets para disparar milhões de emails phishing com
o objetivo de roubar dados dos usuários ou informações de cartão de crédito.


Explorações Zero – Day vem também como
destaque no estudo compilado pela Trend Micro:
 ataques
desse tipo viabilizam infecções sem a necessidade de a vítima interagir com um
link ou site malicioso e procuram brechas de segurança nos sistemas internos
das empresas que podem ser usados para afetar a rede. De todos os países da
América Latina, o Brasil é o líder em PoC’s reportadas com o México em segundo
lugar. 

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes