Menu de Cima

Hackers levam dados de 2 milhões de clientes da T-Mobile

Ontem à tarde, a operadora europeia T-Mobile, subsidiária da Deutsche Telekom, enviou aos clientes em todos os países uma comunicação de incidente com seus dados pessoais. A empresa declarou que um acesso não-autorizado em sua rede pode ter dado aos hackers acesso a registros dos clientes, incluindo códigos postais, números de telefone, endereços de e-mail e números de contas. De acordo com a T-Mobile, a invasão foi rapidamente interrompida e nenhum dado financeiro, número de segurança social ou senha foi comprometido.

A T-Mobile é muito utilizada por brasileiros que viajam para a Europa e para os EUA – um chip é comprado por valores entre US$ 30 e US$ 60 e serve para que o visitante não fique sem comunicação celular e sem internet.

Estima-se que cerca de 3% dos 77 milhões de clientes da T-Mobile – cerca de 2,5 milhões de pessoas – tenham sido afetados pelo incidente – sobre o qual a empresa não conseguiu dar detalhes, além da suposição de que a atividade tenha sido “intencional”. Esta não é a primeira vez que as práticas de segurança cibernética da T-Mobile estão na berlinda. Em maio, um pesquisador descobriu um bug no site da empresa que permitia a qualquer pessoa acessar os dados pessoais dos assinantes. Um porta-voz disse que os clientes afetados pelo ataque recente serão notificados em breve. Quando houve o vazamento de dados da Equifax, um ano atrás, 15 milhões de registros pertenciam a clientes da T-Mobile.

44Shares