Blackphone, smartphone seguro, chega em julho

Mike Janke, ex-oficial da marinha americana e sócio da Blackphone

Mike Janke, ex-oficial da marinha americana e sócio da Blackphone

Boeing-anuncia-blackphone-que-se-autodestroi

O Blackphone da Boeing, para agências governamentais

Quem precisa de um smartphone para comunicações seguras terá uma solução a partir de julho nos EUA e na Europa: será lançado o Blackphone, teoricamenete à prova de espionagem, contendo recursos de segurança e privacidade avançados. Milhares de unidades já estão vendidas pela empresa, uma joint venture entrre a Silent Circle e a Geeksphone. Disponível a um custo de US $ 629, o smartphone utiliza um sistema operacional chamado PrivatOS, baseado em Android sem o comprometimento da privacidade.

Entre as características estão recursos de segurança e privacidade para proteger comunicações pessoais – telefonemas, textos e chats de vídeo criptografados, de uma VPN para proteger o usuário e deixá-lo anônimo na web, desativação inteligente de todos os pontos de Wi-Fi localizados, exceto os hotspotsde confiança”, e atualizações de segurança frequentes da Blackphone, cujos arquivos são armazenados na nuvem segura SpiderOak.

O Blackphone usa um processador quad-core SoC de 2 GHz, tela de 4,7 “, 16GB de armazenamento, câmera de 8MP com flash e câmera frontal de 1,3 MP, GPS e uma porção de outros recursos. O aparelho foi lançado e apresentado pela primeira vez no Mobile World Congress 2014 em Abril, em Barcelona, Espanha.

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes